26.3.16

Gloria

 Nothing Left Unsaid /  para mim, fanática por psicanálise e palavras ditas e não ditas, sem dúvida, atração instantânea pelo título (não só título de nobreza que possui Gloria Vanderbilt, a poor rich girl desde pequena, e agora com 92 anos mais famosa como eterna socialite, herdeira milionária, designer e artista) e a seguinte mensagem: uma vez que se aceita que a vida é uma tragédia, então pode-se começar a viver/ a diretora premiada Liz Garbus conta nesse documentário cheio de arquivos preciosos a relação de Gloria com o filho Anderson Cooper, seu caçula, que tenta entender o passado conturbado da mãe/ é uma história terna e comovente, de perda e redenção, arte e história, de arrependimentos e recordações / Liz Garbus quer enfatizar nesse filme a importância de entender os pais, os filhos, o passar do tempo, e especialmente  o valor do amor e da família, estabelecendo conexões antes que seja tarde demais. Se nada deixarmos para dizer, e dissermos tudo, então podemos viver em paz conosco, não é mesmo? 


                                       WATCH TRAILER




a vida de Gloria é fascinante, diversos casamentos, inovadora do blue jeans há muito
tempo atrás, especialista em colagem, uma família com uma saga digna de literatura,
a triste perda de um de seus filhos que se suicidou, a elegância e porte, a escritora e cronista
que se diz tímida


“She’s like Henry VIII and I’m like Cromwell. She’s the most youthful person I know, even at almost 92"

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...