21.10.15

Beauté Congo



                                             WATCH VIDEO Independence Cha Cha


Devido ao grande sucesso dessa mostra na Fondation Cartier de Paris, ela se estenderá até janeiro de 2016/  admirar pinturas (falsamente naives:) de Chéri Samba  e Moke ao som de rumba, é delicioso , não ? a rumba sempre fez parte da cultura do Congo e seus bares coloridos, desde 1948 com o hit Marie Louise/ os músicos Manu Dibango, Joseph Kasabele, Franco Luambo, e Tshamala levaram esse ritmo inebriante e eu quase que diria turbulento, para o resto do mundo, onde é muito admirado, especialmente na Colombia/ segundo um antropólogo,  a rumba poderia se delimitar com as palavras-fronteiriças : bolingo (amor:), motema (coração :) e libala (casamento:)/ influenciados pelo jazz e soul music americana, Papa Wemba e outros como Koffi Olomidé hoje popularizaram a rumba na Europa/ Bela a cultura da dança, quando conseguimos seguir os passos de suas raízes!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Featured Post

Jeans, cut it

Continuam na moda os jeans cada vez mais cortados e rasgados , são peças constantes nesse verão