7.9.17

Glass





Aos 80 anos, o compositor Philip Glass apresenta Estudos Completos para Piano na Sala São Paulo dia 16 de setembro e dia 14 na cidade das Artes do Rio/ No Brasil, já trabalhou com Gerald Thomas e o Grupo Corpo/ E atenção, imperdível , uma apresentação gratuita dia 17 de setembro no Auditório Ibirapuera, com trechos do filme Mishima

Philip Glass by Chuck Close



 Quase impossível descrever  a obra de Glass, muito ligada à poesia, teatro e dança/ Glass foi muitíssimo influenciado por Ravi Shankar/ dele adoro Music with Changing Parts e Einstein In The Beach, inesquecíveis/ Glass, assim como Leonard Cohen com quem trabalhou, dá uma falsa impressão de repetitivo a quem não conhece sua obra e ouve pela primeira vez. Versátil, mostrou sua genialidade em trilhas sonoras de filmes marcantes como AS HORAS (meu favorito:),TRUMAN SHOW (com o qual ganhou o Oscar, felizmente:) e O ILUSIONISTA/ No MET já apresentou Satyagraha, uma ópera sobre Gandhi/  Glass adora Bartok e Schoenberg, e estudou nos anos 60 com Nadia Boulanger na França/ 


  Vida pessoal? quatro casamentos! quantas sinfonias a serem descritas!  



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...