16.11.13

Frizz e o twitter

hello, esse post vai servir bem hoje para o que quero dizer sobre palavras curtas e poderosas. Frizz é uma delas (um produto legal que descobri em farmácia americana para o cabelo ondulado como o meu, e que tem um som bem sonoro,  Frizz, amo:). Explico: sempre fui muito reticente em ter um twitter. Nem sei bem explicar, eu que adoro síntese e frases de efeito, e pessoas que sabem resumir sem muita enrolação/. 


Hoje no estadão o excelente escritor Sérgio Augusto escreveu um poderoso artigo sobre o twitter: Seguindo e Sendo Seguido. Sérgio diz que há 3 anos atrás criticou o uso do twitter, "um espaço avaro em vocábulos e congestionado de adolecentes de miolo mole" . De cinco meses para cá, Sérgio aderiu ao twitter, considerando-o bem melhor do que o facecook para informação sem chateação, cobranças ou jogos rasteiros. Os escritores adoram esse espaço para treinar haicais, aforismos, micro-contos e mini-poemas.
  



Para tudo tem um tempo, depois de um curso de mídias sociais que fiz recentemente, estou apostando que o twitter ainda é um bom veículo de comunicação para mim, uma descoberta de pessoas e idéias novas de um jeito rápido de expansão sem muita necessidade de curtição. Diferentemente do instagram, há menos fotos e mais fatos (uma confissão, adoro ler os twits dos psicanalistas , arroba deito e rolo, hehehe...)

 Sigam-me lá também, @heddydayan

O que o cabelo tem a ver com isso? Let's tweet and see! love, hd
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...